21 de nov de 2012

Algo sobre o amor, ah o amor...


Olá meus leitores, esses dias eu estava pensando sobre o amor, algo muito clichê, não é mesmo? É mas eu penso em coisas clichês na madrugada, na verdade penso em muitas coisas, metade das coisas que eu penso eu esqueço ao dormir. Odeio quando meus pensamentos não me deixam dormir, principalmente na madrugada sendo que no outro dia eu vou levantar cedo, parece que meu cérebro é uma criança espevitada que nunca se cansa!
Faz um certo tempo que eu não escrevo, muito menos sobre o amor, pra falar a verdade, acho que eu nunca escrevi sobre isso, mas aqui vão algumas palavras sobre todos os pensamentos que me incomodaram durante a madrugada:

"Eu já tinha 16, morava na casa dos meus pais e na minha carteira não tinha dinheiro o suficiente nem pra comprar um balão. Eu tinha 16, já achava que amava demais e já carregava decepções que cabiam nos dedos de uma mão. Eu tinha 16 e achava que o amor era coisa de vacilão.
Duas tentativas de suicídio, um verdadeiro amor perdido, mas afinal, o que era o amor? Já diziam: Pelo amor ou a gente mata, ou a gente morre!
Eu decidi me matar, mas será que se isso se proliferasse seria por amor mesmo? Será que vale a pena tirar a sua própria vida por amor? Talvez!, Deus deu o seu único filho por amor, mas eram situações diferentes, eu nunca fui Deus, eu nunca vou amar como Deus nos ama e amou.
As pessoas fazem uma tempestade num copo d'água quando sofrem por amor, tolas, amor de verdade não faz sofrer, amor de verdade não acaba após uma discussão no facebook, um mal entendido ou uma briga mal resolvida. Pessoas que se amam de verdade ficam juntas até o fim, caso o contrário, é porque nunca se amou.
Não culpe o amor pelas suas escolhas erradas, não tire a sua vida por causa de uma pessoa não vale nada, ninguém vale a morte. O amor não é um monstro, o amor não mata, não fere, não destrói. O amor só cura, só conforta.
Pense no amor como o sorriso de uma mãe ao ver o seu bebê; Pense no amor como a felicidade de uma criança ao raspar uma tigela suja de chocolate; Pense no amor como os abraços que você recebeu quando estava mal; Pense no amor como aqueles desenhos que você fazia para a sua professora; Pense no amor como nas vezes que você ficou brava com sua irmã, mas uma hora depois sentiu vontade de falar com ela; Pense no amor nas vezes que você se sentiu feliz por sua mãe ter te deixado sair; Pense no amor por todas as vezes que você teve a oportunidade de ver o céu esbanjando beleza; Pense no amor como uma coisa simples; Pense no amor.
Porque eu tinha apenas 16, não sabia nada sobre o amor, já havia pensando em me matar várias vezes, mas compreendi tudo melhor quando percebi que primeiramente Deus me amou."

Espero que compreendam, o personagem é fictício, mas o texto resume tudo o que eu pensei. Esta na hora de paramos de culpar o amor. Beijinhos.

17 comentários:

  1. Que perfeito, por amor a gente sofre ou faz sofrer, eu li seu texto ouvindo a música relatos de um homem de bom corarão da Fresno se encaixou em algumas partes perfeitamente, depois ouve essa música.
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Adorei o texto, sério, ADOREI muito esse texto!
    Muito bem escrito!!!
    O último parágrafo o deixou mais lindo. *-*

    Beijos
    macaaverdee.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Aaah nem me fale de amor!
    Ando meio Revolts!
    kkk'
    Florzinha,que cantinho mais fofinho esse seu hein?
    Amei os textos,o design e sua fotos crazy!
    u.u
    hehe
    Tô seguindo aqui se você quiser conhecer meu cantinho e seguir tambem ficarei beeeeeeem feliz!
    Beijos
    http://www.viviancomn.com/

    ResponderExcluir
  4. Tenho que confessar aqui que depois de terminar de ler seu texto fui procurar no seu perfil a sua idade, mas não encontrei, porém, pelas suas fotos vejo que és bem novinha, mas escreve como uma adulta e pensa como tal também. Uma adulta madura o que é mais importante porque tem vários adultos por aí com uma mentalidade de menos de 5 anos... Quero te parabenizar pela sua maturidade! Seu texto é lindo e expressa o que é verdadeiramente o amor. Jamais devemos pensar em tirar nossa vida ou a de outro alguém por um amor frustrado, afinal, Deus nos ama e nos deu a vida, quer coisa mais incrível que isso? O amor é e deve ser um sentimento apenas de coisas boas!

    Beijos da Kika/Blog Acessarte

    ResponderExcluir
  5. Amei o texto, muito lindo, concordo com vc, o amor não faz sofrer, só sofremos porque escolhemos caminhos errados, beijinhos.

    www.blogdicasdadan.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. OMG, você escreve as coisas de um jeito que eu me prendo em cada palavra, sério mesmo. amei o texto, ninguém devia culpar o amor, pois ele tem o poder da cura, ele é quem nos mantém vivos, pois ele vem de Deus para nós. :)
    Beijinhos viu? ♥
    http://mydreamsofasummernight.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. PQP (desculpa a palavra) mas ficou muito bom. De verdade.
    Nossa, me trouxe muitas reflexões *-*
    Adoreeei. Isso é verdade. Parabéns.

    http://gabipuppe.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Adorei o texto,você escreve super bem^^

    Beijos
    Amora Ruffles
    Loucas por Chocolate

    ResponderExcluir
  9. Ótimo texto. O amor ou nos machuca demais ou nos faz muito bem. Ou no caso, os dois.

    Beijos!
    www.deliriosdegarota.com

    ResponderExcluir
  10. Curti. Muito *-* Seus textos me fazem lembrar de mim. O amor é uma confusão, mas eu gosto, apesar de tudo. rs

    *Vitamina de Pimenta*

    ResponderExcluir
  11. Eu acordo de madrugada e crio frases e depois passo para o papel,coisa de blogueira será ??
    Ando pensando muito sobre isso.Gostei da sua 'tese' ,irei refletir,tenho muito a pensar.
    Beijo
    Mania de Garotas

    ResponderExcluir
  12. Muito bonito seu ponto de vista, mais penso diferente e continuo achando que o amor é culpado de várias coisas... O amor pra mim, uma vez acontecido, nunca mais se desfaz, independente se teve retribuição ou não. Todos que amam deveriam ser recompensado, mais não é por isso que deixa de ser um sentimento lindo *-*
    http://maybe-i-smiled.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Novo post em Dicionário feminino também http://dicionario-feminino.blogspot.com.br/
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Nem sei o que dizer! O amor é coisa de gente que quer viver, gente maluca e que dá a cara a tapa. O Amor pode ser tudo de ruim, mas também pode ser tudo de bom ~avá~ ele mesmo cria situações inesperadas e que machucam e depois ele mesmo vem e nos oferece a cura...gostei mesmo rs

    http://depoisdedoze.blogspot.com.br/ xoxo

    ResponderExcluir
  15. Estou encantada e admirada com seu trabalho !
    Parabéns !

    http://maybevoce.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá, me deixe um recadinho, se quiser que eu siga ou veja o seu blog é só deixar o link. Beijinhos.

© 2012-2017. Todos os direitos reservados.
Criado por: ISABELY RODRIGUES.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo